A importância da adaptação O Doutrinador para o quadrinho nacional

A importância da adaptação O Doutrinador para o quadrinho nacional

Vocês conhecem O Doutrinador?

Doutrinador é um quadrinho criado por Lucianos Cunha, e conta a história de um vigilante mascarado que surge em meio ao cenário político para atacar a impunidade que permite que políticos corruptos enriqueçam às custas da miséria e do trabalho da população brasileira. Movido por vingança, o Doutrinador explora a inconformidade de um homem exausto desse governo encardido.

Ganhou sua adaptação em filme pela Paris Filmes, e sua estreia está marcada para Novembro ainda desse ano (2018).

Resultado de imagem para o doutrinador quadrinhos online

Embora tenhamos inúmeros quadrinhos com qualidades muito mais do que notáveis, poucos ou quase nenhum, por assim dizer, são adaptados para o cinema. O Doutrinador, no entanto, quebrou a barreira e foi para o lado de lá e o hype tá fazendo o maior furdunço por aí. Do lado de cá, qual lição nos fica e qual a importância dessa lição?

Resultado de imagem para o doutrinador instagram

Clique na imagem para assistir o trailer.

Visibilidade – óbvio!

O doutrinador não virou o que é nem nunca viraria somente pela visibilidade que conquistou com o tempo, mas sim por causa da qualidade do material. No entanto, as proporções de suas aparições pelas plataformas têm determinada parcela de responsabilidade no sucesso todo. Por tanto, a visibilidade que ele trouxe para si tem gigantescas chances de migrar para outros quadrinhos. O mais importante, e que é especialmente mais importante ainda lembrar, é que isso não nos torna automaticamente atraentes; pode criar uma sub-imagem admirável de todos os quadrinistas, mas isso será constatado e decretado individualmente.

Em outras palavras, o público virá, mas, virá para ficar? Fisgar o máximo de público possível será como aproveitar essa temporada oportuna para você, para mim, para ele, para ela.

Destacamos ainda o fato de que um leitor novato nos quadrinhos br não se atrair por sua história não vai a tornar menos ou mais. Sua história foi lida e opinada pela cabeça de uma das muitas pessoas que leram ela, ‘’apenas’’ isso.

Resultado de imagem para o doutrinador instagram

Valorização? Queremos!

A valorização do quadrinho nacional poderá ganhar mais forma, não tratando-se só de aceitar a sua existência e respeitá-la sem nunca ter pego num gibi para ler. Os prováveis novos públicos podem estruturar uma nova safra de fãs de outros nichos sendo atraídos para o nosso meio. O do próprio cinema, por exemplo, que atualmente é formado consideravelmente por nerds (ou seja, o nosso povoado). Lógico, não só eles como outras vertentes com ligação não muito sólida com o universo de quadrinhos (sangue novo, meu povo!). Uma vez na mira deles, de todos eles, estaremos sujeitos a uma óbvia maior visibilidade, e, portanto, um campo maior de atuação.

Basta sermos rigorosos em nossa divulgação e pegar pesado na criatividade.

Resultado de imagem para vALORIZAÇÃO

Incentivo

Qual é, vai me dizer que depois do anúncio do longa-metragem você também não imaginou sua(s) obras(s) nas telas do cinema?  O incentivo é super-hiper-mega-ultra-power-blaster bem-vindo, e com ainda exemplos como Turma da Mônica Laços ( lançamento em 2019) e Tungstênio (que foi lançado dia 21 de junho de 2018) , fica difícil não querer entrar pra lista.

Isso pode fazer o mercado crescer, e, quem sabe, também empurrar a ideia de termos mais quadrinho nacionais estampando cartazes de cinema por aí, e tornando o próprio cinema algo não só praticamente exclusivo de quem já tenha certa visibilidade no campo de atuação cinematográfico.

O que você acha do filme e qual será o impacto dele no nosso cenário? Acha que será grande? Acha que não terá nenhum? Acha que será mínimo? Mande aí sua visão nos comentários. A gente agradece!

Texto por Kelson Martins

bitcoin-lunes-wallet-carteira-quadrinhos-comics-manga

Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE