O site da HQs Brasileiras utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

Um pouco sobre a produção de Krest Gale

Um pouco sobre a produção de Krest Gale

Olá humanos, dando uma parada na produção de Krest Gale para contar alguns detalhes sobre o projeto que bem… achei que não ia contar tão cedo pra ninguém. O desenhista tá brincando com os materiais novos e rabiscando algo, então sobrou pra mim, Fernanda Cardozo, a roteirista, falar um pouco sobre KG.

ENREDO

Foi a parte mais conturbada do projeto desde o começo ou até mesmo por causa desse começo em si.

O projeto nasceu após o desenhista (João Santos) desligar um projeto antigo e resolveu começar um por conta própria (por diversos motivos), ele acabou começando sem uma ideia geral, criou vários personagens (que até hoje estão na história) e começou a pensar em alguns pontos junto de um amigo (Maurício Lima de Souza).

Só entrei pra dar uma ajuda no enredo muito depois, quando muita coisa tinha sido feita e muita coisa precisava ser refeita, mas tudo era sem pensar em como isso resultaria em uma história no final.

Foi um grande e completo quebra cabeça que acabei sendo apresentada, inúmeras ideias soltas sem relação (embora todas muito boas). Foram algumas noites em claro, alguns tardes de trabalho até conseguir montar algo mais próximo do que aos poucos mostramos.

DOENÇA

Conforme o enredo ganhava corpo, a doença Krest ia se modificando, começou como maldição, passou para resultado de experimentos científicos (até se cogitou influência alienígena).

Mas a melhor forma de explicarmos a Krest atualmente, é voltarmos nossos olhos para sua principal inspiração de sintomas e impacto na sociedade, a peste bubônica, conhecida por todos como Peste Negra. A Krest não é uma doença contagiosa, mas sim uma condenação para a pessoa, é um tabu para a sociedade, é um grande fardo que todos resolvem tomando a pior e melhor atitude que está no seu alcance.

A imagem pode conter: desenho

CRIAÇÃO DE PERSONAGEM

A maioria nasceu inicialmente de um design que surgiu da cabeça caótica do desenhista, foi só feito sem abranger de uma forma geral tudo que o enredo quer. Acaba sobrando pra mim pensar onde, quando, como e o que o personagem vai fazer no enredo posteriormente (Até hoje ele faz isso… E admito que alguns deram e dão bastante trabalho para achar um espacinho).

Depois de criar o personagem, normalmente eu acabo atribuindo uma ideia ou alegoria para ele e pessoalmente me divirto muito vendo como o desenrolar do personagem diverge ou impacta todos próximos.

Ludwig por exemplo carrega toda a inocência e deslumbre de um adolescente que aos poucos ganha o mundo, ele vê tudo com olhos entusiasmados e alegres. Enquanto Frug é alguém maduro, marcado por decisões e acontecimentos de uma vida.

DESIGN

Sobre o design de alguns personagens, acho que se pode afirmar que todos sofreram alguma modificação até chegar em sua fase atual (que volte e meia ganha uma nova alteração ou detalhe novo). E alguns mudaram completamente, virando praticamente alguém totalmente novo.

Pinno por exemplo, reflete o alterego do desenhista dentro da história, com aparência e personalidade semelhantes. A Elizzabeth (conhecida como Lizz pela maioria) foi um caso que teve algumas versões até chegar na atual, que o desenhista admitiu ter feito usando a foto de perfil que tinha na época.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

PERSONAGEM PREFERIDO

É um pouco difícil escolher um personagem no meio de tantos. Mas o desenhista nem hesitou pra falar que era o Frug (ele realmente gosta muito dele).

Eu acabei escolhendo a Camille, seja pelo design ou personalidade (em breve vocês vão conhecer mais dela)

HORA DE TRABALHO

Todos da equipe temos uma vida (embora não pareça), então acabamos somente final do dia tendo tempo para fazer as coisas.

De forma especial o desenhista, que não raro, vira as noites desenhando as coisas.

Bem galera… Foi bem divertido escrever e apresentar pra vocês um pouquinho dessas curiosidades meio loucas. Ainda tem bastante coisa pra comentar se um dia quiserem saber um pouco mais, seja algo específico (alguma curiosidade ou algo assim), ou um aspecto técnico do projeto.

Todos da equipe agradecemos pelo apoio.

Em breve vamos trazer mais novidades XD

Gostou? Compartilha com seus amigos.

Já leu Krest Gale, não? Então faça o favor de ler!!!!!!!

Página do facebook

Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE